terça-feira, 7 de abril de 2015

Resenha #62 - A Mais Pura Verdade + Parceria Novo Conceito

Postado por Diarios De Leitura - terça-feira, abril 07, 2015 - com 1 comentário
Oi, gente!
Tenho uma notícia muito legal pra vocês, embora alguns já saibam:  blog agora é parceiro da Novo Conceito! Uhul \o/ Estou suuuper feliz e creio que essa parceria será muito boa para ambos!
Bom, depois dessa notícia super bacana, vamos à primeira resenha da parceria.



Ficha Técnica
Título: A Mais Pura Verdade
Título Original: The Honest Truth
Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
ISBN: 9788581636337

Há alguns dias eu postei minhas primeiras impressões do livro A Mais Pura verdade, e até então eu havia gostado muito do dele, a narrativa me prendeu bastante, os personagens eram fofos, enfim, tinha tudo pra ser um livro que eu iria amar. Mas no final, não foi bem assim.

Relembrando, Mark é um garoto com uma doença em estado terminal. Seu sonho sempre foi escalar uma montanha, e num dia ele resolve sair de casa apenas com uma mochila e seu fiel cachorro Beau em busca dessa aventura. Ele enfrenta diversos problemas pelo caminho que o fazem questionar se vale mesmo a pena levar tudo isso adiante.
Paralelamente, temos a visão da Jessie, melhor amiga de Mark, sobre tudo o que está acontecendo, o desespero dos pais de Mark para encontrá-lo e a dúvida dela em contar ou não onde ele está.

Logo que o livro chegou aqui em casa, eu corri para terminar a leitura. E nas páginas seguintes, perdi um pouco da conexão que tive com o Mark ao decorrer dos primeiros capítulos. Não vou repetir do que se trata a história, porque o que escrevi nas primeiras impressões é realmente um resumo da trama toda, clique para ler. Aqui quero descrever minha experiência.

A diagramação está linda, a Novo Conceito arrasou nesse livro, os datelhes são lindos e têm tudo a ver com a jornada de Mark. A narrativa realmente é muito envolvente, tanto que eu terminei de ler em poucas horas, gostei muito de como o autor descreveu cada aventura enfrentada por Mark e Beau. Mas o final me decepcionou um pouco, talvez tenha me decepcionado pela metáfora que há nele, que é real demais, é como a vida é. 

Às vezes, temos que encarar algumas montanhas, temos altos e baixos. Às vezes chegamos ao topo, às vezes nem perto disso, mas o caminho vale a pena. Pelo caminho, encontramos pessoas que nos incentivam a continuar e também encontramos aquelas que tentam nos fazer desistir, e você precisa decidir se tem determinação suficiente ou não. Por fim, sempre temos um porto seguro. No caso de Mark, é seu cãozinho Beau, que o ajuda em todos os momentos da escalada. 

Talvez eu não tenha me identificado tanto quanto antes pelo fato de ser muito real e ao mesmo tempo ser totalmente ficção. Ok, e fica a dúvida: "Mas, Rayssa, você gostou ou não?". Sim e não haha, se for analisar somente a ficção, não me atraiu muito. Mas ao analisar as metáforas, vejo que elas têm muitos ensinamentos para passar e o Dan Gemeinhart soube mesclar isso muito bem com a história.

Enfim, com certeza levarei alguns ensinamentos de Mark comigo e se você gosta de uma boa aventura, com um toque de metáfora, recomendo que leia A Mais Pura Verdade :) 






Um comentário:

  1. Oi Ray! Menina também tinha gostado do livro no início, mas depois meio que perdeu a graça e ao concluir a leitura fiquei com a sensação de que o autor não conclui-o a trama.
    Para mim sempre faltará um pedaço da história

    Beijos Fê

    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir