segunda-feira, 29 de julho de 2013

Resenha #6 - Percy Jackson e o Ladrão de Raios

Postado por Diarios De Leitura - segunda-feira, julho 29, 2013 - com 2 comentários

Oi pessoal! 
Como alguns já sabem, dia 16 de agosto estreia o filme Percy Jackson e o Mar de Monstros, segundo livro da série Percy Jackson e os Olimpianos.]
A série toda tem 5 livros e iremos fazer um especial PJO (todos comemoram) em homenagem ao lançamento do filme.

Hoje vou começar com a resenha do livro Percy Jackson e o Ladrão de Raios.





Título: Percy Jackson e o Ladrão de Raios
Título Original: The Lightning Thief
Autor: Rick Riordan
ISBN:  9788598078397
Ano: 2008
Páginas: 400
Tradutor: Ricardo Gouveia
Editora: Intrínseca







Resenha


Percy é um garoto de 12 anos que sofre de dislexia e déficit de atenção e sempre muda de escola porque nunca consegue se dar bem com ninguém e vive entrando em confusões. Numa dessas trocas de escola, conhece Grover que acaba se tornando seu melhor amigo, já que ele também é deixado de lado por outras crianças por ter problema nas pernas e andar de um jeito engraçado. 


Eles vão a uma excursão escolar e lá acontece algo inesperado: ele é atacado por um monstro de três cabeças e de repente seu professor (que usa cadeira de rodas) destampa uma caneta que instantaneamente se transforma em uma espada e Percy mata o monstro.


A partir daí, Percy descobre que não pertence a esse mundo, ele é um meio-sangue, filho de humano com deuses. E os meios-sangues são sempre caçados por monstros, por isso o lugar mais seguro para eles é o acampamento meio-sangue. Ele e Grover conseguem entrar no acampamento e lá Percy conhece Annabeth, filha de Atena e revê seu professor Quirion, porém agora ele é um centauro, metade homem, metade cavalo. Assim como Grover, Quirion também estava destinado a ficar de olho em Percy. 


Eles descobrem que o Olimpo (que por sinal está instalado no andar 600 do Empire State em Nova York) está quase em guerra, isso porque o raio de Zeus foi roubado e ninguém descobriu quem foi. Annabeth, Percy e Grover são mandados em uma missão para descobrir quem foi e devolvê-lo a tempo para Zeus. E essa missão está cheia de monstros e aberrações, deuses e heróis do olimpo.


Eu gostei muito dessa série, a história é envolvente demais e faz você querer mais e mais, tanto que li todos em 5 dias porque queria muito saber qual seria o desfecho. 


A história é narrada pelo Percy em primeira pessoa e ao contrário do que imaginava, não é uma narrativa infantil. A narrativa é bem divertida, e tira boas risadas dos leitores, já que ele sempre faz piada de suas próprias “desgraças”. A diagramação é bonita, com letras grandes e as folhas são amarelinhas. Uma coisa muito legal na série é que você acaba aprendendo muito sobre mitologia grega e eu que era leiga no assunto, adorei saber um pouco mais desse universo. 

O filme é bem diferente do livro, eu sei que é adaptação, mas fugiu demais. Só espero que o Mar de Monstros não seja assim. 

Recomendo a série, vale muito a pena e sempre tem promoção dela por aí, é só ficar de olho!






Categorias: ,

2 comentários:

  1. Não conhecia, agora fiquei curiosa.
    Seguindo o seu blog.

    http://mundodeariel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A série de livros é muito boa mesmo, do 1° ao 5 ° livro li todos rapidamente, pois depois que começa é impossível para de ler! Agora quanto a adaptação cinematográfica foi um total desrespeito aos Fãs!
    Claudinei Barbosa
    http://resenhandoecontando.blogspot.com

    ResponderExcluir