quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Resenha #31 - Sr. Bliss.

Postado por Diarios De Leitura - quinta-feira, janeiro 16, 2014 - com 12 comentários


Ficha técnica

Título: Sr. Bliss.
Autor: J. R. R. Tolkien
ISBN: 978-85-7827-632-4
Páginas: 112
Ano: 2012
Editora: WMF Martin Fontes
Tradutora: Monica Stahel

Resenha

O Sr. Bliss é um homem que mora numa casa muito agradável no topo de uma colina, junto com seu giracoelho (metade coelho metade girafa). Um dia o Sr. Bliss decide comprar um carro, ele escolhe um de seus chapéus muito altos e coloridos, pela opinião do giracoelho (que é cego) e desce a colina em sua comprida bicicleta sem pedais para ir à cidade. Ao chegar à loja de veículos ele escolhe um carro amarelo-claro com rodas vermelhas, porém, ele esquece sua carteira em casa e deixa sua bicicleta como garantia, sai da loja com seu novo veículo e uma sequência de confusões acontecem ao nosso protagonista.

Aqui temos uma história que foge completamente da temática tão explorada da “Terra-Média”, temos uma ambientação da década de 30, e se trata claramente de uma história infantil. A narrativa é bem clara e muitos dos fatos que aqui acontecem nos remetem a situações que seriam muito bem aceitas por crianças, contudo, alguns acontecimentos não me agradam, certos pontos da história fogem da temática de humor “nonsense”, que faz algum sentido para pontos que não fazem sentido algum, um exemplo disso são três personagens ursos que aparecem na história e eles fazem coisas horríveis e não sofrem consequências, coisa que acontece com os outros personagens.

Outro acontecimento que é bem conhecido dos leitores de Tolkien é o fato de a história parecer ter vários finais, quando a situação parece ter finalizado, outra coisa é lembrada e isso leva a outros acontecimentos antes do término da estória completa, o que para alguns pode ser um ponto negativo, na verdade faz com que o enredo se feche completamente. O livro foi publicado originalmente em 1987, mas seu conteúdo é atemporal, os acontecimentos e conversas são de fácil compreensão, narrados de uma maneira simples com curtos diálogos.

O acabamento deste livro é no mínimo perfeito, a capa é hardcover, o papel utilizado é couchê e o que mais me chamou a atenção foi que nas páginas pares temos a tradução do manuscrito e nas páginas ímpares temos uma cópia do manuscrito original de Tolkien em que podemos ver as rasuras e anotações que a história sofreu junto com ilustrações feitas pelo próprio autor, essa quase “edição bilíngue” engrandece muito a experiência de leitura do volume, você vê a própria grafia e os desenhos e isso nos aproxima muito do escritor.

O livro é de leitura fácil e traz algumas passagens boas, algumas brincadeiras feitas por Tolkien soam meio estranhas, porém não prejudica o enredo aqui apresentado, o acabamento do livro torna a experiência de leitura muito mais agradável que somente a estória em si. Recomento a todos, principalmente aos fãs deste escritor assim como eu, pois é uma outra experiência de leitura.





Boa Leitura.


Categorias: ,

12 comentários:

  1. Uma coisa que sou... Super visual... E me encanta livros que possuem ilustração! Menina, gostei da cara nova que tu deste para teu blog :D

    beijos
    Ariana Silva
    http://ariabooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ja ouvi falar muito bem dele, quem sabe qualquer dia eu leio..

    ResponderExcluir
  3. Oie *-*
    Faz muito tempo que não leio um livro infantil, e esse não está na temática que eu costumo ler, quando for na sebo pegar o meu Lolita vou ver se encontro esse também, ótima resenha a sua *-*

    Beijos da Di.
    Parte de Minha História

    ResponderExcluir
  4. Nooossa amei <3
    Tolkien é mais do que um ícone, como vc bem disse sua escrita genial é atemporal!
    Hardcover e com diagramação encantadora pode ser dirigido ao público juvenil mas creio que é leitura para todas as idades.
    O melhor de Tolkien são os vários finais =DD
    Vou incluir agora mesmo na whislist ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Um belo livro infantil *-*
    Não sou muito de ler esse tipo de livro mas me encantei por esse, a diagramação está linda e eu super curti. Já entrou pra minha lista com certeza.
    Bjokas!!

    ResponderExcluir
  6. Ray!!! OMG *-* ' eu sou Tolkien de carteirinha e essa edição está digna dele! <3
    Porque tenho dó das edições de Hobbit e SDA que foram lançadas aqui no Brasil.
    Pra mim, todas deveriam ser hardcover =) kkk fresca! o/
    Brincadeiras do Tolkien? Já imagino coisas doidas, um cara genial como esse deve ter suas esquisitices .. kkk
    Amei a resenha e QUERO esse livro <3 kkkk

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Já gostei do livro porque tem ilustrações, mas lendo a resenha não me interessei muito !!

    Abraços
    meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi! Como vai?
    (Infelizmente) Ainda não li nenhum livro de Tolkien. Apesar de gostar bastante desse tipo de livro que você falou, quer dizer, a edição, não sei se leria. Sei lá... A história não parece me surpreender - e não é por ser infantil; adoro uma história "de criança" por não acreditar que há idade certa para se gostar de algo. Gostei da resenha! Não sabia sobre o livro...
    Beijinhos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nenhum livro dele, mas esse me pareceu interessante. Acho lindo livros com ilustrações, o meu preferido é uma edição que tenho de Aventuras de Alice no país das maravilhas e através do espelho *-*

    ResponderExcluir
  10. O livro parece bem divertido, porém é infantil né, não me interessei muito por esse detalhe, mas parece ser bem diferente e confusorio (de um lado bom), então quem sabe lendo com crianças seja divertido, uma história que deve prender a atenção.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Esse é um livro do Tolkien que me falta e preciso comprar em breve!!
    Muito bom seu blog, parabéns!

    ResponderExcluir