segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Resenha #33 - Todo Dia

Postado por Diarios De Leitura - segunda-feira, janeiro 27, 2014 - com 28 comentários
Ficha Técnica

Título: Todo Dia 
Título Original: Every Day 
Autor: David Levithan 
ISBN: 978-85-01-09951-8 
Páginas: 279 
Ano: 2013 
Tradutor: Ana Resende 
Editora: Galera Record



Resenha 

Todo Dia conta a história de A. Sim, seu nome é somente A. A têm 16 anos, não é homem, não é mulher, não é loiro, ruivo ou moreno, não é baixo ou alto, gordo ou magro. A é uma incógnita. Todos os dias ele acorda num corpo diferente, numa vida diferente, e o corpo que ele habita sempre tem a sua idade. A já desistiu de entender as razões para sua vida ser assim e por isso está acostumado a não ter amigos, nem família, nem um amor.

Sei que é um pouco confuso, então vou explicar melhor. A é um ser, "como se fosse uma alma", que habita um corpo diferente cada dia que tem a sua idade. Desde que nasceu, ele é assim. A tem 16 anos agora. Imagine que você acorda cada dia em um quarto diferente, com pais diferentes. Então você vai para uma escola e tem que conviver com os amigos dessa pessoa que você habita, mas você precisa fingir que é essa pessoa senão os outros irão desconfiar que tem algo errado. É impossível criar laços assim, porque ele nunca habita a mesma pessoa mais de uma vez.

As coisas mudam quando A acorda no corpo de Justin e conhece a namorada dele, Rihannon. Logo de cara, ele percebe que Justin não é um cara muito legal e não trata bem sua namorada, por isso A decide dar à Riahnnon um dia especial. Ela estranha a atitude do "namorado" e fica se perguntando o que aconteceu para Justin mudar de um dia para o outro. Mal sabe ela que a pessoa que está dentro do seu namorado se apaixonou por ela.

A quer, a todo custo, continuar vendo Riahnnon, mesmo que isso coloque em risco as pessoas que ele habita diariamente. E então começa sua luta para encontrar uma forma onde os dois possam ficar juntos.

Mesmo lendo algumas resenhas desse livro, me surpreendi muito com a leitura porque é algo novo para mim. Numa sociedade preconceituosa como essa, é bom vermos livros que tratam de assuntos polêmicos como homossexualidade e obesidade. É uma forma diferente de abordar o amor, independente de sexo, raça, etc. Aqui, só existe o sentimento.

Outra coisa interessante que pude tirar como lição do livro é que o David Levithan deixa claro que nos tornamos aquilo que somos conforme crescemos. Tudo depende do ambiente em que vivemos, das pessoas com quem convivemos. A tem a oportunidade de ver e conviver com pessoas de todos os estilos e, com isso, ele aprende muito. Tive a impressão de que A é muito mais maduro do que um garoto de 16 anos, que é sua idade.

O que desfavoreceu o livro, na minha opinião, foi o fato de o David Levithan dar a entender que ia ser explicado a razão do A ser assim, ia mostrar se existem mais pessoas como ele, que seria uma parte para ser bem explorada, mas ele deixou passar. Me deixou com aquela expectativa de descobrir mais sobre esse ser e depois me pareceu que ele mudou de ideia e preferiu deixar a dúvida no ar. O final me decepcionou e ao mesmo tempo me surpreendeu, porque para mim já estava certo e então teve uma reviravolta que mudou tudo. 

É o primeiro livro do David Levithan que leio e gostei muito. Ele tem uma escrita cativante que te faz querer ler o livro todo de uma vez. É uma leitura fácil e rápida, li o livro em 2 dias. O que achei interessante é que cada capítulo começa com o número daquele dia que ele está vivendo e começa no 5.994.

É um livro que vale a pena ser lido, com certeza vai fazer você refletir sobre o mundo e sobre as pessoas.







Categorias: ,

28 comentários:

  1. Já ouvi falar desse livro, mas nunca tinha lido uma resenha, a história do livro parece ser muito interessante, estou empolgada para ler agora! rs
    Seguindo :)
    http://marcasindeleveis.blogspot.com.br/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser muito lindo!!!
    Bjus

    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá! Vim te avisar que te indiquei para um tag, é só clicar no link para ver: http://levolivrosparaondevou.blogspot.com.br/2014/01/tag-o-que-te-diz-o-livro.html

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Que perfeito, aparenta ser uma história maravilhosa. Precisando ler urgentemente <3

    http://rotinadafelicidade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Ray! :)
    Ah, eu amei esse livro *-* tipo amei mesmo <3
    Eu nem liguei muito pra falta de explicação sobre o motivo do A. ser o que é.
    Como ele mesmo disse, isso iria corrompê-lo.
    Também é meu primeiro livro do Levithan, espero poder ler Will & Will em breve <3
    Adorei também o lance do amor sem gênero, é nisso que eu acredito, no amor de uma alma para outra. O corpo é só uma casca. Perfeito!

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blosgspot.com

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha, ainda não tinha lido nada sobre esse livro, apenas tinha visto em alguns blos mas nunca me interessei em ler as resenhas, porque não curti muito a capa.
    Mas depois de saber um pouco da história fiquei fascinada, eu imaginava algo nada a ver com a história e agora quero tê-lo o mais rápido possível.
    O que eu achei interessante é o fato dele se chamar só A, e todo dia acordar em um corpo diferente..

    ResponderExcluir
  7. Oi Rayssa!
    Já ouvi falar bastante desse livro e todos os comentários que vejo sobre ele são positivos.
    Acho que é uma história completamente diferente do usual, né?
    Adorei a sua resenha porque pude entender melhor quem é A e como "funciona" essa questão de cada dia abtar uma pessoa diferente. Caramba, que louco! Espero ler esse livro em breve.
    Já estou seguindo você! Beijinhos, Tati.
    www.somosliterarias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha ouvido falar desse livro, parabéns pela resenha.

    Tony Ferr

    http://dicassliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, gostei do livro e da sua resenha! Vou procurar para ler!
    Bjs, comenta nessa resenha por favor ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/01/resenha-dupla-cacadores-de-demonios.html

    ResponderExcluir
  10. Ola
    Eu me apaixonei por esse livro a primeira vez que eu li a sinopse!
    Muito lindo esse romance, to louca pra ler!
    adorei a dica:)
    seguindo...bjs

    thereasonwebnovela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Rayssa!
    Adorei o livro <3
    Uma leitura rápida, fluída, uma narrativa cativante, envolvente e reflexiva que faz a gente torcer.
    Um romance adorável!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Já vi outras resenhas desse livro e achei muito interessante. Primeiro porque é uma história bem diferente das que estamos acostumados, e segundo porque eu gosto muito de dramas e coisas do tipo. Não vejo a hora de possuir esse livro e lê-lo.

    verbalismos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. OIeeee!!! Antei um pouco sumida, mas procurarei estar presente rsrsrs
    Menina, já ouvi falar desse livro... Li algumas resenhas... Achei a história interessante!

    bjks
    Ariana Silva
    http://ariabooks.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/ariabooks

    ResponderExcluir
  14. Esse livro é INCRÍVEL !! Sério, é muito bom. Adoro David Levithan <3

    http://alittlemorethangloss.blogspot.com.br/

    Beijão.

    ResponderExcluir
  15. Vou ser bem sincera, e tipo, é a MINHA opinião, rs. Cada um pensa de uma forma. Eu não me interessei por esse livro nem um pouco. Ele vai contra ao que acredito, vai para um lado espirita, em que o espírito se apodera do corpo e lá lá lá. Enfim, não vou me alongar para não causar conflitos, rs.

    ResponderExcluir
  16. Quero muito ler esse livro. Fiquei bem curioso..ks

    Abraços!!
    http://macaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Quero bastante ler este livro, vi muitas resenhas positivas sobre ele !!

    Abraços
    http://meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Fiz uma resenha sobre esse livro também.
    Achei o livro bacana, mas faltou alguma coisa. Às vezes tenho esse sentimento! Sem contar que não gostei muito do romance, achei sem graça, rsrsrs. Também acho que ele deveria ter falado mais sobre ter mais pessoas que nem A, mas fazer o que?

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Rayssa!
    Eu estou doida para ler esse livro. Já li várias resenhas e todas positivas.
    A sua só despertou mais ainda a minha vontade.
    Muito bem escrita! Parabéns!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, estou com esse livro pra ler e curti demais sua resenha, só criticas positivas, o que me faz aumentar mais ainda o desejo de ler.
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Eu li a sinopse desse livro e fiquei muito curiosa. Lendo sua resenha, só fiquei mais ainda, haha
    Parece ser uma história diferente, e com certeza vou ler futuramente!
    Adorei sua resenha, ótima!

    Beijos
    http://boombacereja.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi, Rayssa! Como vai?
    Estou querendo ler Todo Dia desde que o conheci, mesmo não sabendo muito sobre a história. A história de A parece um pouco confusa, e é uma pena o autor ter deixado de explicar, entretanto algumas coisas são melhores sem explicação; por exemplo, se ele tivesse colocado uma, você poderia ter odiado o fim do livro. Gosto de livros que fazem refletir. Espero poder lê-lo esse ano.
    Beijos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Adorei a resenha, e já ouvi muito falar desse livro, e assisti várias vídeo resenhas. Mas essa é a primeira escrita que estou lendo, e estou cada vez mais encantada com ele, espero lê-lo assim que colocar minhas leituras de sagas em dia.
    Beijos
    http://leitoravintage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá Ray! Esse livro parece ser muito bom, sempre leio criticar ótimas da obra, trama, da escrita e tudo mais. A capa me encantou desde que vi pela primeira vez. Parece ser bem tocante, e com ar bem de personalidade das pessoas. Estou curiosa para ser, e saber como tudo irá se desenrolar, e como acabará tudo bem. Fico triste de que o autor deixou a desejar, mas mesmo assim parece valer muito a leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi, Ray. Tudo bem? Então, eu AMEI esse livro. Não achei defeito algum. Ao contrário de você, eu gostei dele não ter revelado o que o/a A era. Acho que não era esse o objetivo da história, já que o foco não está na fantasia, e sim, em fazer perceber que devemos viver todo dia como se fosse único, independente das nossas peculiaridades e da dos outros.

    Beijão, adoro quando acho alguém que gosta do mesmo livro que eu,
    Juan Silva - http://asasliterarias.com/

    ResponderExcluir
  26. Oiee =)
    terminei ontem a leitura de " um dia" do mesmo autor, gostei da sua escrita, mas teve certo ponto que fiquei cansada, mas foi fofo o livro, até já fiz a resenha...
    claro que quero ler mais dele, espero ter a oportunidade em breve.
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  27. Preciso ler esse livro pra ver o que é que todo mundo fala dele, ahehahe. :D Quem sabe em fevereiro!

    Bjs

    Raquel
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir
  28. Nunca li nada do David mas esse seria o meu escolhido para começar. Parece ser intrigante e envolvente, fora que parece mexer com alguns tabus e eu gosto muito de livros assim.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir